Como nasceu o Bar da Praia

Para se perceber quem somos, atualmente, é necessário retroceder alguns anos atrás, e perceber como nasceu o Bar da Praia.

A sua origem tem uma história muito engraçada, com algumas aventuras pelo meio.

Ora leiam: Dona Maria de Jesus, proprietária de uma pequena mercearia, e Eduardo Nunes, guarda prisional e fotógrafo nas horas vagas, tinham 2 filhos pequenos. Um dia, Eduardo teve a ideia de adquirir uma máquina de fazer gelados, sem consultar a opinião da esposa (o que quase lhe custou o casamento). Reuniu cerca de 80 contos (400€), todo o dinheiro que a esposa tinha juntado, fruto do seu trabalho na mercearia, e adquiriu o equipamento.

Preocupado e sem ideia de como recuperar o investimento realizado, começou a construir um carrinho em fibra para vender gelados artesanais em feiras e festas locais.

Mas não era o suficiente para sustentar a sua família. Pensou então em pedir uma licença com o intuito de colocar um quiosque na praia do Baleal, onde poderia vender os seus gelados, mas esta sempre foi lhe negada, dado que na altura a zona esta ocupada em exclusivo por outro concessionário.

Contudo, a necessidade era tanta que Eduardo nunca desistiu de tentar e, todos os dias, durante quase um ano, pediu ao capitão do porto uma licença. Essa constante resiliência teve finalmente retorno, pois o capitão (cansado de o ver ali diariamente), disse finalmente que poderia montar o seu quiosque, mas que teria de ser na Consolação.

Eduardo mostrou-se grato pela oportunidade e aproveitou; no entanto, as vendas eram muito fracas naquele local, pelo que voltou ao capitão para, mais uma vez, lhe pedir uma licença para a zona do Baleal.

Conseguiu finalmente convencer o capitão, mas o mesmo disse que seria somente por um ano. Passado esse ano, entrou um novo capitão, que felizmente lhe foi sempre renovando as licenças, tanto na Consolação, como no Baleal. O sucesso dos seus gelados artesanais era tão grande, que se faziam filas para os comprar.

Após algumas peripécias, mas sempre mantendo a popularidade dos seus gelados, Eduardo e Maria de Jesus foram obrigados a fazer um bar em madeira e a ter nadadores salvadores. Em vez de desistirem, tal era o investimento necessário, aproveitaram oportunidade. Nasce então o “Bar Água-Doce”.

O Bar Água-Doce passaria a denominar-se Bar da Praia em 1997. Nessa altura era um apoio de praia simples, que funcionava apenas durante a época balnear. Serviam-se gelados, cafés, sandes e bolos. Com o passar do tempo, e atendendo à procura, o Bar da Praia foi-se adaptando às necessidades dos clientes, sendo que estes contribuíram muito para a definição do conceito.

Era um bar frequentado principalmente por amigos que ali se juntavam quando vinham praticar surf. Era um bar informal, descontraído e familiar, onde por vezes, os próprios clientes se serviam e mais tarde ajudavam no serviço às mesas e na copa. De inverno, e apesar da chuva e do frio, o Bar da Praia passou a ser cada vez mais procurado.

Após algumas alterações na estrutura, que permitiram aumentar a área de esplanada e protegê-la do frio e chuva, o Bar passou a ter uma nova dinâmica, nomeadamente através de festas organizadas com os clientes habituais.

A abertura à noite aconteceu a partir de uma festa com a presença de um DJ, que que fez esgotar todo o stock de bebidas, tal foi a afluência de gente.

A Identidade

A – Visão

Contribuir para um mundo melhor, mais justo e inclusivo, reduzindo a precariedade a desigualdade.

Queremos ser o melhor bar de praia do mundo, pelos seus produtos e serviços, pelos colaboradores e pelo conceito.

Cultura:

  • Cuidar das pessoas e animais.
  • Cuidar da terra e dos oceanos.
  • Partilha de experiencias e conhecimento.

1 – Compromisso

2 – Determinação

3 – Sustentabilidade

4 – Sinergia

5 – Atitude Positiva

6 – Entusiasmo

7 – Responsabilidade

B – Conceito

C – Colaboradores

8 – Empatia

9 – Entreajuda

10 – Criatividade

11 – Honestidade

12 – Integridade

D – Produtos e Serviços

13 – Experiências “Wow”

14 – Práticas sustentáveis

15 – Serviço personalizado e incondicional

16 – Ambiente acolhedor, limpo e higienizado

17 – Produtos locais e 100% naturais

E – Missão e Propósito

  • Inspirar e alimentar o espírito humano
  • Melhorar a qualidade de vida dos nossos colaboradores, da nossa comunidade e do nosso planeta.

18 – Reduzir a precariedade e a desigualdade.

19 – Contribuir para um mundo melhor

20 – Promover o emprego e a inclusão social.

21 – Cuidar das pessoas e dos animais

22 – Cuidar da terra e dos oceanos

As Certificações

A Biosphere desenvolve um sistema privado de certificação voluntária e independente, baseada nos princípios de sustentabilidade e melhoria contínua.

Certificado: www.biospheretourism.com

compromisso_pagamento_pontual_logo

O Compromisso Pagamento Pessoal tem o objetivo de reconhecer as empresas que pagam atempadamente aos seus fornecedores, contribuindo para uma economia sustentável.

Consulte aqui o nosso o nosso Diploma de Adesão.

A Tribo da Praia aderiu ao selo distintivo “Produção Sustentável, Consumo Responsável” que visa, nomeadamente:

– Promover a sensibilização pública para a redução do desperdício alimentar;
– Incentivar os operadores económicos da cadeia agroalimentar a desenvolver iniciativas pioneiras e criativas no âmbito do combate ao desperdício alimentar;
– Dar visibilidade a iniciativas de boas práticas que contribuam para prevenir, reduzir e monitorizar o desperdício alimentar, independentemente do elo da cadeia agroalimentar em que se verifiquem, bem como difundir linhas de orientação nessa temática.

O Baleal

O extenso areal da belíssima Praia do Baleal encontra-se na costa oeste de Portugal e é sem dúvida um paraíso para qualquer amante de surf. É sem dúvida um spot de surf de primeira classe que atrai muitos surfistas de todo o mundo, até porque é um dos locais do campeonato de WSL, na Praia Supertubos. A costa oeste também é ideal para mountain bike e passeios na natureza, já para não falar de ter uma oferta de peixe imperdível. Visitar o Baleal, Peniche, as falésias do Cabo Carvoeiro, o extenso areal da Consolação, as ilhas e ilhéus das Berlengas ou a linda vila de Óbidos, fará parte das suas melhores memórias.

A Nossa Missão e Objetivos

Atualmente, o Bar da Praia é uma referência no Baleal, tanto durante o dia como à noite. Mas o Bar da Praia quer ir para além de ser um Bar. A sua missão passa por melhorar a qualidade de vida da comunidade onde se encontra inserido, proporcionar momentos de convívio entre amigos, proteger o ambiente e promover a sustentabilidade. Para isso, desenvolve paralelamente actividades ligadas ao surf, à sustentabilidade, passando pelo apoio a jovens carenciados, acções de doação de sangue, limpeza da praia, entre outras acções de responsabilidade social e ambiental.